KnW Capítulo 151: Depois de muito tempo, conferência Evila

Capítulo 151: Depois de muito tempo, conferencia Evila

Atualmente, na [Capital dos Demônio – Xaos], uma conferência [Evila] estava finalmente sendo feita depois de um longo tempo. No entanto, eles tinham saído do alinhamento usual.

Kiria, que era a ajudante do Demon Lord, Eveam, a traíra, e para piorar as coisas, Greyald do «Rank 6» foi morto.

Somente o Demon Lord e quatro pessoas da «Cruel» estavam agora naquele local.

“Todo mundo, o objetivo desta reunião é para decidir o nosso futuro, bem como para compreender a condição do nosso país e nosso povo.” (Eveam)

Os quatro silenciosamente retornaram um aceno para as palavras de Eveam respectivamente.

“Mas Sua Majestade, o que está escrito no papel é verdade?” (Marione)

Marione disse isso enquanto observava a folha de papel em frente à Eveam. O papel era o que Teckil havia confiado a Judom. Hiiro, que havia recebido a folha de papel, entregou-a diretamente para Eveam.

“Ah sim, eu definitivamente senti a magia de Teckil. Além disso, no presente momento, não posso entrar em contato com Teckil. O mais provável é que Teckil já tenha sido pego, como está escrito aqui. E aquele que o apreendeu foi…” (Eveam)

Ela tinha um olhar implacável conforme pesadamente moveu seus lábios.

“O ex-Demon Lord, Avoros Gran Early Evening.” (Eveam)

Marione, bateu na mesa com um don!, então disse-

“Isso não é apenas um erro ou algo assim? Aquinas e eu fomos os que confirmaram o cadáver do Demon Lord anterior, sabia? Não havia nada estranho sobre ele. Não é verdade Aquinas?” (Marione)

“… Sim.” (Aquinas)

“O «Núcleo Demoníaco», que também é conhecido como o segundo coração de um [ Evila ], havia sido destruído. Com isso, é impossível para ele reviver novamente. “(Marione)

“Isso é verdade, mas… O que você acha, Aquinas?” (Eveam)

Eveam voltou seu olhar em direção a Aquinas.

“… Sua morte foi, de fato, confirmada por estes dois olhos meus. Era definitivamente um cadáver. E não era uma boneca que Kiria fez também.” (Aquinas)

“Está certo. Ninguém pode escapar do par de olhos desse cara; ele não seria capaz de fingir a sua morte.” (Marione)

Das palavras de Marione, podia-se entender que ele tinha grande confiança nos olhos de Aquinas.

“Então, o que Teckil viu está errado?” (Ornoth)

“Essa parece ser a única possibilidade.” (Shublarz)

“Ele é o maior agente da inteligência do país, você sabe? Teckil pode não parecer, mas ele fica depois de vocês dois, já que é «Rank 3». Uma pessoa qualquer não seria capaz de capturar Teckil vivo. A não ser que fosse alguém de seu nível”. (Eveam)

“Mumu…” (Marione)

Marione gemeu, sem ser capaz de responder de volta o argumento.

“Além disso, tem também a existência que Iraora havia mencionado, bem como aquele que criou Kiria por causa da conferência. Eu tenho um sentimento de que estas duas existências parecem estar ligadas uma a outra.” (Eveam)

Como isso era algo que todos os presentes havia sentido, nenhum deles foi capaz de refutar tais palavras.

“Mas essa pessoa pode não ser necessariamente o ex-Demon Lord. Até mesmo o papel apenas escreveu que a possibilidade era alta.” (Ornoth)

“É verdade que os detalhes que Teckil escreveu sobre este documento foram, de fato, todas as suas ideais que o levaram a essa conclusão. Mas ele disse que viu o cara, certo? Mesmo que ele devesse estar morto… ele viu o rosto de Teritorial!” (Eveam) (NN: Não leiam errado: É ‘teRitorial’, não ‘teRRitorial’. u.u)

A sala ficou em silêncio. O que provava o peso que suas palavras carregavam.

“Teritorial… o braço direito do Ex-Demon Lord, huh?” (Aquinas)

Aquinas falou, quebrando o silêncio que permeou o quarto.

“Agora que você mencionou, Sua relação era semelhante ao de Sua Majestade e de Kiria.” (Shublarz)

“É verdade… No entanto, ele morreu antes do meu irmão mais velho. Quer dizer, ele foi morto. Por ninguém menos que meu próprio irmão!” (Eveam)

O lugar tornou-se quieto novamente.

“Se o morto foi trazido de volta à vida e manipulado, então apenas uma pessoa é capaz de fazer isto, que é o antigo Demon Lord.” (Aquinas)

Todos voltaram seus olhares ao murmúrio de Aquinas.

“Eu concordo. Apenas Avoros, o «Necromancer», que pode fazer isto.” (Eveam)

*gokuri*, o som das gargantas de todos engolindo soou.

“Supondo que o que Teckil viu foi o cadáver de Teritorial que estava sendo manipulado, então sem dúvida, seria coisa de Avoros. Além disso, se fosse um homem forte como Teritorial que derrotou Teckil, então eu também posso concordar sobre isso. Afinal, Teritorial foi mestre de Teckil.” (Aquinas)

Como Aquinas disse: A pessoa conhecida como Teritorial foi mestre de Teckil. Na verdade, ele possivelmente pode ser considerado uma existência semelhante a um pai adotivo. Teckil perdeu os pais em uma idade pequena, mas um dia ele foi pego por Teritorial e tornou-se seu filho adotivo.

Tudo o que Teckil sabia foi ensinado a ele por Teritorial. E todo mundo que estava neste lugar sabia desse fato. Deveria ser impossível para ele errar qual é o rosto de Teritorial.

No entanto, Teritorial, que deveria ter morrido, viveu e capturou seu próprio filho. Para ele ser capaz de fazer isso, só se podia pensar que ele estava sendo manipulado por alguém.

Até agora, só havia uma pessoa que poderia manipular os mortos – e essa pessoa é o ex-Demon Lord Avoros.

“É como diz Aquinas. Meu irmão mais velho talvez… Avoros camuflou sua morte com algum método e viveu até agora. Eu não entendo o que são os seus objetivos, mas eu tenho certeza que meu irmão mais velho é quem planejou essa guerra. Não seria surpreendente se um cara como ele se movesse junto com ela.” (Eveam)

Mesmo que ele fosse parente de Eveam, ela continuou com suas palavras afiadas sobre ele. Nojo, em vez de tristeza, apareceu em sua expressão facial.

“E a partir de agora, Avoros sem dúvida irá se mover abertamente. Pelo bem de seus próprios desejos incompreensíveis.” (Eveam)

“… imagino se Kiria também se aliou com o antigo Demon Lord desde o início.” (Shublarz)

Shublarz falou sua dúvida, mas quando o nome de Kiria saiu, Eveam mostrou uma expressão sombria.

“… Eu não sei.” (Eveam)

“Sua Majestade…” (Shublarz)

Shublarz murmurou ansiosamente.

“Veja… Kiria estava ao meu lado todo o tempo, desde que eu era uma criança. Ela ser uma existência artificial… Quem poderia ter pensado nisso…” (Eveam)

Ela agarrou seu punho e tremeu.

“Ela disse que era… Val Kiria.” (Aquinas)

Com palavras de Aquinas, Eveam assentiu debilmente.

“Nos tempos antigos, quando a [Capital dos Demônios: Xaos] ainda não existia, uma mulher, que foi nomeada o primeiro Demon Lord, reuniu um grande número de nossos irmãos para criar um país. No entanto, a [Evila] daqueles dias não tinha conhecimento nem sabedoria sobre a construção de um país. Simplificando, sua inteligência era baixa. O Demon Lord fundador, que era o único sábio, pensou que ensinar-lhes cuidadosamente um a um levaria muito tempo.” (Aquinas)

Todo mundo ouviu a história de Aquinas. Até mesmo Marione estava ouvindo atentamente suas palavras pela primeira vez.

“Então, o Demon Lord fundador pensou que se ela fizesse muitas existências idênticas a si mesma, o estabelecimento do país avançaria sem problemas.” (Aquinas)

“N-não me diga” (Eveam)

Eveam estava com os olhos arregalados quanto a essa revelação.

“Ela as chamou «Val Kiria Series». Eles eram excelentes clones do Demon Lord. Embora pareçe que ela foi incapaz de criar muitos deles, eles levaram o povo e avançaram o estabelecimento do país. E, o resultado disso é a [Capital dos Demônios: Xaos]” (Aquinas)

“Esta é a primeira vez que ouvi falar de uma história dessas.. O Demon Lord fundador foi quem fundou este país, comandando as pessoas ao seu lado como está escrito nos livros de história.” (Marione)

Aquinas respondeu a dúvida de Marione.

“É realmente isso. Se problemas não tivessem ocorrido, as suas existências deveriam ter sido deixadas nos registros de história.” (Aquinas)

“P-Problemas, você diz?” (Marione)

“Sim. Quando este país foi fundado, alguns incidentes aconteceram logo depois.” (Aquinas)

“Incidentes…?” (Eveam)

Eveam perguntou desta vez.

“Uma das Val Kirias começou a ficar violenta, sem qualquer aviso prévio.” (Aquinas)

Anúncios

7 comentários sobre “KnW Capítulo 151: Depois de muito tempo, conferência Evila

  1. Pingback: KnW Capítulo 151 | Espreom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s