KnW Capítulo 141: Comida de verdade, Culinária da capital dos demônios!

Traduzido por RpxZero(NT) e revisado por Nagare(NN).

Traduzido a partir de Kiriko Translations.


“Desculpem-me por todos esses problemas que foram surgindo, Hiiro” (Eveam)

Conforme Eveam disse isso,

“Se é assim que você se sente então se apresse e deixe-me comer. Não tenho dito a vocês desde o começo que eu estou com fome? “(Hiiro)

“Es-este pirralho… você sabe mesmo quem a pessoa a sua frente é? Mesmo que você seja apenas um humano, você não sabe como falar respeitosamente?” (Marione)

Marione atirou essas palavras conforme uma veia de irritação aparecia em sua testa.

“Quem, você diz? Não é óbvio que ela é a Maou? Mesmo se você disser que sou ‘apenas um ser humano’, não tem nada a ver com isso. Eu só estava trabalhando para concluir seu pedido. Então, enquanto ela tenha preparado uma refeição para mim em troca, eu tenho o direito de exigir por isso. Se você ainda quer continuar falando então eu vou embora, porque isso é problemático, ok?” (Hiiro)

O rosto de Marione apertou ao ver Hiiro, que falou com um dos dois [Evilas] mais poderosos da Cruel, sem qualquer mudança na forma como ele normalmente trata os outros.

Shublarz estava dizendo, “Oh, que criança interessante…” enquanto o observava. Ornoth e Aquinas, naturalmente, estavam assistindo a cena em silêncio.

“Marione, como eu disse antes, Hiiro é meu salvador. Se você continuar a insultá-lo vou ter que pedir para que saia, sabe?” (Eveam)

“-É o que ela disse, Barão Bigode?” (Hiiro) (NT: Achei estranha essa frase, mas é isso que está em inglês…)

“Barã… Hm? Por Barão Bigode, você está se referindo a mim?” (Marione)

“Sim, porque você possui um esplêndido Handlebar Moustache. Não se encaixa perfeitamente?” (Hiiro) (NN: ‘Handlebar Moustache’ é aquele bigode de sir, com a voltinha nas laterais. Não sei como se chama em português, então deixei em inglês mesmo…)

Marione realmente tinha um bigode muito encaracolado. No entanto, os soldados de repente se tornaram barulhento. Frases como ‘do que ele acabou de chamar Marione’ podiam ser ouvidas vindo deles.

A pessoa em questão, Marione, tremeu. Bem quando Eveam estava pensando que ela teria que fazer Marione sair antes de sua explosão inevitável,

“Fufufu, você entende muito bem, não é, pirralho.” (Marione)

“… eh?” (Eveam)

Eveam, não, até mesmo os soldados, arquejaram com espanto.

“Se você pode entender o quão esplêndido este bigode é, então você tem um olhar muito perspicaz.” (Marione)

Marione alegremente sorriu enquanto tocava o bigode de leve.

“Sim. Até agora, eu nunca tinha visto um bigode parecido. Fiquei muito surpreso.” (Hiiro)

“Fufufu, eu vejo, eu vejo. Isso é porque eu levo uma hora todas as manhãs para prepará-lo.” (Marione)

“Entendo. Fiquei bastante surpreso com o quão preocupado você é com o seu bigode.” (Hiiro)

(NN: Hiiro mostrando seu poder de Mestre das Palavras, >.<)

Hiiro não estava, de jeito nenhum, tentando elogiar Marione. Ele simplesmente achou esse bigode de aparência suspeita, que normalmente só aparece em animes e mangás, bastante incomum. Marione confundiu o fascínio com elogios.

“… B-Bem parece que vocês dois se reconciliaram, então tudo bem, mas…” (Eveam)

O rosto de Eveam se contraiu quando disse isso e tossiu, lançando um olhar em direção à Marione, que atualmente estava absorto com o bigode.

“Em qualquer caso, você realmente nos ajudou desta vez, Hiiro. Nós ainda não podemos relaxar completamente, mas por enquanto, a crise foi evitada. Isto também é em grande parte, graças aos seus esforços. Como agradecimento, nós preparamos uma refeição modesta. Eu adoraria que você participasse dela. “(Eveam)

Hiiro pensou consigo mesmo “Finalmente!”, conforme ele convencia seu estômago há aguentar um pouco mais.

“Então, por favor, siga-me.” (Eveam)

Eles chegaram a um grande salão com uma mesa comprida posicionada no centro. Em cima dela havia vários pratos radiantes que chamavam a atenção e enchiam Hiiro de tentação.

Naturalmente, não foi apenas Hiiro que foi tentado, mas Nikki e Mikazuki também. Em particular, quando a boca de Mikazuki começou a ter uma grande quantidade de baba vazando, Hiiro teve que avisá-la para ter cuidado. Mesmo assim, ele entendeu a razão para suas ações, já que a refeição preparada era mesmo extravagante.

“Sentem-se onde quiserem.” (Eveam)

Ao ouvir as palavras de Eveam, Hiiro se sentou em um assento no meio da longa mesa. Enquanto ele fez isso, Liliyn imediatamente se sentou no banco diretamente a sua direita, de forma perspicaz.

“Então eu vou estar em seu esqueeerrddaaaa!?” (Nikki)

Logo que Nikki chegou ao assento do lado esquerdo de Hiiro,

“O pássaro madrugador é quem pega minhoca!” (Mikazuki)

Mikazuki tomou o assento.

“Não é justo! Isso é injusto Mikazukiiiii ! “(Nikki)

Farto de Nikki, que gritava com os olhos marejados, Hiiro tentou acalmar a situação.

“Então por que você apenas não se senta na minha frente?” (Hiiro)

“O-Ohh! Sentar em frente ao Shishou enquanto observa seu rosto! Isso também é agradável à sua maneira! “(Nikki)

Nikki irrompeu com um sorriso conforme elas inquietamente foram sentar na cadeira em frente à Hiiro.

“Nossa, não está tudo bem apenas sentar em qualquer lugar? Por que elas propositalmente tentam sentar perto de mim…” (Hiiro)

“Hmph, ser incapaz de compreender algo como isso, você realmente é um pirralho, Hiiro.” (Liliyn)

Porque Liliyn disse isso como se estivesse desprezando ele, Hiiro a observou com os olhos semicerrados.

“Ya, mesmo se você disser algo assim…” (Hiiro)

Na verdade, como Liliyn tinha, por algum motivo, se sentado perto dele, Hiiro sentiu que ela também era uma estranha. Com as palavras de Hiiro, o rosto de Liliyn ficou vermelho. Olhando-a enquanto ela se virava, Hiiro disse-

“Bem, eu realmente não me importo.” (Hiiro)

(NN: Fica difícil escolher entre Team Liliyn ou Team Eveam com as duas sendo tão fofas ^^)

A comida era mais importante. Tudo parecia consistir de coisas difíceis de escolher.

“Já que todo mundo está sentado, vamos comer.” (Eveam)

Como se estivessem esperando por essas palavras, Hiiro e Cia. começaram a empurrar comida para dentro de suas bocas.

“Permita-me apresentar o chefe de cozinha que preparou esta comida.” (Eveam)

Ao dizer isso, a figura de uma mulher que parecia ser a Chef, apareceu perto de Eveam.

“O nome dela é Musun. Ela é a Top Chef deste país. Eu estava pensando em tê-la aqui por pouco tempo para dar uma explicação sobre alguns pratos.” (Eveam)

Quando Eveam a pressionou a falar, Musun tomou o chapéu de cozinheiro e começou a falar.

“Como ela disse anteriormente, eu sou Musun. Agora, sem demora, todo mundo tem um prato de carne sobre os pratos imediatamente a sua frente.” (Musun)

Como ela disse no topo de cada um dos respectivos pratos estava um objeto que poderia ser reconhecido visualmente como um bife.

“Essa é a << Carne do Pato Prateado >>. Seu corpo é muito macio e tem pouca gordura. É uma carne de ave extremamente rara e cara.” (Musun)

A pele estava brilhando ao ponto em que se poderia pensar que poeira prateada havia sido colocada sobre ela. Após colocá-la na boca ela deu uma sensação crocante, apesar de ser carne. No entanto, não era duro. Era fácil de morder.

Eles saborearam essa nova textura incrível. Enquanto a pele parecia crocante, como se houvesse sido envolvido em um vegetal fresco, a carne macia dentro transbordava com sucos da carne. (NN: Eles queriam dizer que a carne era suculenta)

O rosto de Hiiro e seus colegas relaxaram conforme eles sentiram a nova textura da carne em suas bocas. Musun também sorriu enquanto os observava.

“Estou satisfeita que a comida parece ser do seu agrado. Em seguida, por favor, experimentem a sopa ao lado. “(Musun)

Uma sopa de aparência pegajosa que parecia um Potage de milho (NT: potage é uma sopa espessa) estava ao lado da carne. No entanto, sua cor se assemelhava ao marrom-avermelhado de uma sopa Consommé.

“Isso é << Potage de Batata Corvo >>. Sabem o que é << Batata Corvo >>? É uma batata com uma esplêndida casca negra. É um ingrediente bastante valioso, uma vez que é encontrado apenas no Continente de Demônios”. (Musun)

Em outras palavras, era uma especialidade do Continente de Demônios.

“No começo, a << Batata Corvo >> é tão dura como uma rocha e não parece ser realmente comestível. No entanto, se você aquecê-la em água quente a 80° C durante uma hora, torna-se macia e a casca muda para uma cor marrom-avermelhada. “(Musun)

Com base nisso era possível entender porque a sopa não era negra, mas em vez disso, marrom-avermelhada.

“Depois disso, se você retirá-la um pouco e resfriá-la em água fria durante uma hora, ela absorve a água e se transforma em um líquido pegajoso. É muito delicioso assim, mas, quando a << Batata Corvo >> é cozida junto com << Quiabo Vermelho >> picado, torna-se ainda mais deliciosa. Por favor, pode ser um pouco picante, mas eu tenho certeza que vão se tornar bastante viciados nisso.” (Musun)

“Eu também recomendo mergulhar o pão na sopa e comê-lo como tal.” (Musun)

Após comer o pão como fondue de acordo com suas instruções, todos acharam que fosse outra maneira deliciosa de comer. Suas mãos simplesmente não paravam. Sentindo que ela tinha feito um bom trabalho, o rosto de Musun inchou com orgulho.

Mikazuki e Nikki ambos demonstraram um sentimento de extrema satisfação, enquanto sinceramente devoravam toda a comida. Liliyn permaneceu calma, mas continuou a comer sem reclamar, então parecia que ela também estava muito satisfeita.

Silva também estava satisfeito com o vinho preparado conforme ele assentia. Shamoe estava tomando notas de tudo, enquanto falava, “Is-is-is-is-is-isto é bastante informativo!”, enquanto estudava as receitas.

“Bem, então eu acredito que há algo que pode estar na mente de todos.” (Musun)

Com as palavras de Musun, o olhar de todos, focaram em um único ponto. Lá estava uma montanha em miniatura, não, um objeto parecido com vulcão que estava no meio da mesa.

Ele havia sido colocado sobre um grande pote e parecia ser verdadeiramente um vulcão, além de ter uma substância vermelha ocasionalmente “entrando em erupção” a partir do topo, que parecia uma cratera.

E como magma, essa substância fluía até a parte inferior do vulcão.

“Isso é << Pudim Vulcão >>. Ah, aliás, é uma sobremesa. “(Musun)

…Hã? Esta é a sobremesa?

Seria compreensível se este grande prato fumegante fosse o prato principal, mas eles não tinham pensado que seria a sobremesa.

“Em primeiro lugar, por favor, apreciem o líquido que tem recolhido no pote.” (Musun)

Todo mundo pegou suas colheres e retiraram um pouco do líquido vermelho que tinha fluído no pote pela cratera como instruído. Após trazê-lo para as suas bocas, eles foram surpreendidos enquanto suas mãos congelaram.

Um cheiro extremamente doce flutuava a partir de suas colheres. Pudim… Realmente, era um cheiro doce como caramelo.

“… hm!?” (Hiiro?)

Quando ele colocou a colher na boca, seu corpo enrijeceu. Então, depois de alguns momentos, o rosto de Hiiro naturalmente relaxou.

(D-doce! Mas não é muito doce. Esta sopa sozinha já é boa o suficiente para ser chamada de sobremesa completa!) (Hiiro)

Vendo rostos relaxados de todos, Musun assentiu como se estivesse satisfeita e deu uma tossida de leve.

“Agora desta vez, por favor, tente a parte da montanha. Embora possa parecer irregular, deve ser suave o suficiente para pegar. “(Musun)

O som de saliva sendo engolida soou conforme numerosas colheres se aproximaram do vulcão. Como ela disse, as colheres conseguiram cortar através da montanha com basicamente nenhuma resistência.

O pudim chacoalhou (NN: Aquele movimento que pudins e gelatinas fazem) conforme eles levaram-no à boca de uma só vez. Já que a sopa se agarrou a ele, ele realmente parecia ser tão suave como pudim.

“Fuwaa ~ é gostoso ~” (Mikazuki)

“Eu-eu não posso parar de comer isso!” (Nikki)

Mikazuki segurou o rosto dela com as duas mãos enquanto mostrou uma cara de êxtase enquanto Nikki estava demolindo a montanha a uma velocidade tremenda.

“Hmmm… sim, não é ruim.” (Liliyn)

O rosto de Liliyn relaxou com satisfação.

“Nofofofofo! Isso está extraordinário! ~ Incrivelmente extraordinário!” (Silva)

“Va-va-va- valeu a pena tentaar!” (Shamoe)

O Pervertido e a Maid expressaram suas próprias opiniões. Enquanto isso,

“…fuuuu.” (Hiiro) (NN: Fueee?  😛)

Hiiro também gostava de coisas doces. Não só isso, mas entre elas, pudim em particular, era uma das suas favoritas. Pudim normal, ou pudim de creme, era geralmente um prato frio. No entanto, depois de ter descoberto a existência deste pudim bem quente, Hiiro sentiu que ele já não podia comer o pudim normal.

O pudim era simplesmente delicioso. Entre todas as sobremesas que ele tinha comido desde que chegou a este mundo, foi sem dúvida, a mais deliciosa.

“Como é, Hiiro? Será que eu consegui pagar de volta alguns dos meus sentimentos de gratidão?” (Eveam)

Após as palavras de Eveam, Hiiro acenou com a cabeça em resposta.

“Sim, é delicioso. É a primeira vez que eu me senti grato por ter vindo a este país.” (Hiiro)

“Eu-eu vejo! Isso é ótimo! “(Eveam)

Conforme Eveam se virou para Musun com uma cara feliz, Musun retornou a explicar os pratos um pouco mais. Depois disso, ela fez uma reverência e saiu.

“Pufu ~ Eu estou cheia~” (Mikazuki)

“Eu também ~” (Nikki)

Mikazuki e Nikki pressionaram suas barrigas cheias, com rostos repletos de felicidade. E depois de pouco tempo-

Suusuu… suusuu …

Suas respirações se nivelaram conforme elas adormeceram ainda sentadas. Depois de preencher suas barrigas, ambas provavelmente foram atacadas por uma sonolência confortável. Os olhos das duas meninas fecharam em silêncio.

“Essas duas….” (Hiiro)

Hiiro batia na têmpora com o dedo e deixou escapar um suspiro, como se estivesse incomodado. Vendo Hiiro, Eveam deu um sorriso agradável.

“Fufu, parece que elas estão bastante satisfeitas.” (Eveam)

“Estas duas aproveitaram mais que deveriam.” (Hiiro)

“Não é ótimo? Uma vez que ainda são jovens. “(Eveam)

“Haa, afff…” (Hiiro) (NN: Ele falou ‘puxa vida’, mas como ninguém usa isso eu troquei por ‘aff’)

“Permita-me preparar um quarto para você. Hoje à noite, todos vocês podem descansar lá.” (Eveam)

“Está realmente tudo bem?” (Hiiro)

“Sim, há também outra promessa que eu troquei com você, Hiiro. Não será possível inseri-lo agora, mas eu ainda posso emitir uma autorização. A terei preparada para que eu possa dar a você amanhã. “(Eveam)

Hiiro disse: “Tudo bem!”, enquanto fez um gesto de triunfo internamente.

Naquele momento, Liliyn fez uma expressão de desaprovação. Ela tinha ouvido falar de Nikki que Hiiro receberia uma autorização para a << Grande Biblioteca da Fortuna>> como compensação por ter participado na guerra desta vez.

No entanto, inicialmente, a autorização tinha sido algo que ela estava preparando como forma de pagamento para obter informações de Hiiro. Bem, para ela, isso tinha sido simplesmente uma desculpa para ela para acompanhar Hiiro em sua jornada, mas ao chegar a este país, ela achou que deveria tentar obter a licença pelo amor de Hiiro. (NN: Não temos certeza. Estava ‘Hiiro’s sake’, então ou era ‘pelo amor’ ou ‘pelo bem’ mas Amor ficou + bonitinho :3)

Embora se possa dizer que ela já não tenha que fazer qualquer trabalho extra, de alguma forma ela tinha um sentimento de insatisfação conforme ela engoliu todo o seu vinho em um gole.

Enquanto Liliyn fazia isso, Aquinas rapidamente caminhou em direção Eveam. Depois que ele sussurrou algo no ouvido de Eveam, ela deu um olhar um pouco triste ao responder: “Entendo”.

Então, Eveam se levantou de seu assento.

“Eu vou mandar uma empregada guiá-lo para o seu quarto. Você realmente nos ajudou hoje, Hiiro. Permita-me expressar meus agradecimentos com isto. Obrigado.” (Eveam)

“… É realmente certo para um Soberano abaixar a cabeça tão facilmente assim?” (Hiiro)

Depois que Hiiro perguntou isso, ela sorriu ao mesmo tempo que respondeu.

“Eu não tenho nenhuma intenção de me tornar um Soberano que não expressa sua gratidão a todos.” (Eveam)

“…” (Hiiro)

“Se você precisar de alguma coisa, pergunte a uma das pessoas do castelo sem restrição. Então vejo você amanhã, Hiiro.” (Eveam)

“… Sim.” (Hiiro)

Ao dizer isso, Eveam deixou o salão, e quando Aquinas estava prestes a sair do salão também, Hiiro firmemente sentiu-o travando os olhos em Liliyn.

(Será que ele tem algum assunto com Aka-Loli…?) (Hiiro)

Foi quando ele de repente se lembrou. Que Aquinas e Liliyn tinham uma característica comum.

Hiiro continuou a olhar para Aquinas enquanto ele saia, e pensou:

(… bem, não é algo que eu deva me incomoda.) (Hiiro)

Ele foi tão seco como de costume. Se necessário Liliyn provavelmente iria falar sobre isso com ele, mas Hiiro julgou que não havia necessidade de perguntar sobre isso ele mesmo.

Depois disso, Hiiro e cia. transportaram as crianças bobas enquanto se dirigiam para seus quartos com a orientação da empregada.


Anúncios

16 comentários sobre “KnW Capítulo 141: Comida de verdade, Culinária da capital dos demônios!

  1. Pingback: KnW Capítulo 141 | Espreom

    1. Hmm~~ Nós vamos continuar traduzindo KnW por enquanto e tentaremos manter pelo menos os 2 caps por semana do hirune-kun, para continuar o número de capítulos semanais… Essa semana vai sair um cap. hj provavelmente, e 2-3 no fim de semana~~ :3

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s